Pesquisa Origem-Destino de Pessoas 2016

Para o desenvolvimento do Plano de Mobilidade Urbana do Recife, uma série de pesquisas são necessárias. Dentre estas, destaca-se a Pesquisa de Origem-Destino de Pessoas, também conhecida como Pesquisa OD, que é a base para o planejamento do sistema de transporte público, incluindo definição de linhas de ônibus, expansão do sistema de metrô, a definição da operação do sistema de navegabilidade dos rios Capibaribe e Beberibe, o funcionamento do sistema complementar, a localização das estações de bicicletas compartilhadas e a identificação dos principais corredores caminháveis da cidade.

As pesquisas origem-destino costumam ocorrer em intervalos de 10 anos no formato de pesquisa domiciliar. Isso gera longos períodos em que os dados são estimados e a implantação de grandes empreendimentos ou alterações no uso do solo não são considerados nessas estimativas. Devido ao elevado custo, poucas cidades conseguem manter a periodicidade planejada. A última pesquisa desse tipo, realizada no Recife, ocorreu em 1997. Hoje, esses dados servem apenas como referência histórica. Depois dessa pesquisa, houve, por exemplo, a implantação do Porto de Suape e do Parque Automotivo da Fiat em Goiana, alterando radicalmente as características dos comportamentos pesquisados à época.

A tradicional entrevista domiciliar, apesar de permitir a coleta de uma grande quantidade de dados acessórios aos dados de mobilidade, tornou-se inviável tanto do ponto de vista financeiro quanto do esforço e tempo necessários para sua realização. Cidades com características similares às do Recife, destinam milhões de reais em recursos financeiros pelo método tradicional, que não acompanhou a evolução tecnológica observada nas últimas décadas, tornando-se menos eficiente.

O Recife seguirá pioneiro no planejamento urbano, adotando, a partir de 2015, uma metodologia de pesquisa integrada às funções da cidade, que se repetirá anualmente, abrindo um novo panorama para o desenvolvimento da mobilidade urbana. A forma como a pesquisa será realizada aumentará a sua abrangência, reduzirá os custos de realização, o tempo de tabulação, e de análise dos resultados, permitindo a sua periodicidade anual, mas acima de tudo, garantindo a contribuição da sociedade no enfrentamento do desafio da mobilidade urbana.

Para saber mais informações sobre a pesquisa e fazer o download dos dados disponíveis, estão listados abaixo todos os produtos já concluídos.